França: viajar por conta própria ou com pacote de viagem?

Viajar é sempre muito bom para relaxar, conhecer novos lugares e fazer novas amizades. Mas na hora de planejar a viagem, é comum surgirem algumas dúvidas, mesmo para turistas já experientes. Uma delas é a de viajar por conta própria ou comprar um pacote de viagem.

 

A França é um dos destinos mais procurados pelos interessados em viajar, pois é um país que pulsa história, cultura, moda e gastronomia.  Com tantos atrativos, é natural que haja indagações sobre o que é melhor e viável para uma viagem incrível.

 

Para você, que está pensando em viajar para a França, mas não sabe muito bem qual alternativa escolher, fizemos um post com as vantagens e desvantagens de viajar por conta própria ou com o auxílio de um guia de turismo. Esperamos que assim, você consiga traçar (sozinho ou acompanhado), as melhores rotas pelo país do Foie Gras.

 

Viajar por conta própria: a França em uma viagem de mochila

 

Viajar por conta própria pela França, Beaune

Viajar por conta própria permite explorar atrações turísticas além das tradicionais. Foto: Pont du Gard – Sul da França

 

Quem nunca sonhou em pegar uma mochila, colocar itens básicos e sair por aí? Principalmente se esse “por aí” for a França, um dos países mais visitados do mundo. Esse é o tipo de viagem ideal para quem gosta de aventuras e não liga muito para os imprevistos que podem acontecer no meio do caminho.

Quem viaja por conta própria, ou seja, traça seus próprios destinos turísticos e vai até eles de forma independente é chamado de mochileiro. E ser mochileiro é uma característica que vai além de simplesmente economizar uns trocados em uma viagem ou outra. É um estilo de vida.

Até mesmo porque nem sempre essas pessoas estão atrás de viajar com economia. Mas sim, de explorar atrações turísticas além das tradicionais. E essa é uma das principais vantagens de viajar por conta própria. Mas além desta, existem outras. Veja a seguir:

 

Vantagens de viajar por conta própria pela França

Por sorte, a França é um país muito receptivo e que possui excelente infraestrutura turística. O país possui uma ótima rede de transportes, que incluem trens, ônibus e metrôs. Por conta disso, os mochileiros não encontram dificuldades de locomoção ao longo do país. Ou seja, dá para conhecer quase toda a França de transporte público.

Outra vantagem que os mochileiros encontram pelo país reconhecido mundialmente pela gastronomia que possui são as boulangeries e as pâtisseries, ou seja, as padarias e confeitarias da França.  Nelas é possível tomar um belo café da manhã ou fazer um lanche rápido.

Além disso, vários estabelecimentos gastronômicos do país têm em seus cardápios o “formule du jour” ou o “le plat du jour”, que significam o prato do dia. Nessa filosofia, uma refeição completa é servida por preço fixo e mais acessível, ou seja, para saborear a culinária local o mochileiro não terá que gastar tanto quanto ele gastaria em um renomado restaurante francês.

Viajar por conta própria também permite que o turista conheça as várias atrações da França no próprio ritmo, ou seja, sem os habituais minutos contados de quem compra um pacote de viagem em uma agência.

Os destinos turísticos franceses são exuberantes e ricos em valor cultural. Na maioria dos locais existem painéis informativos que ajudam todos aqueles que resolveram se aventurar sozinhos pelo país.

 

Desvantagens de viajar por conta própria pela França

Como nem tudo são flores, viajar nesses moldes requer muito cuidado e atenção. Isso porque para algumas atrações turísticas pode haver a prévia necessidade de planejamento. Ingressos, transporte e horários são alguns dos empecilhos que as pessoas podem encontrar.

Assim, planejar a rota e pesquisar antecipadamente sobre os locais de visitação são fundamentais em qualquer lugar do mundo. E na França não é diferente. No entanto, nem todos os mochileiros conhecem tão bem as particularidades do país e por isso, ficam mais suscetíveis a imprevistos. Ainda mais sabendo-se que a França não é um país muito aberto à reservas de última hora, o ideal é ter tudo organizado com bastante antecedência.

Outra grande desvantagem de viajar sozinho é que em casos de aperto, ou problemas com a língua (pois nem em todos lugares se fala inglês na França) haverá a necessidade de contratar um guia turístico local. Caso o profissional ainda esteja disponível, ele certamente irá cobrar mais caro ao viajante, pois nenhuma reserva antecipada foi feita.

E esse custo extra, se não tiver sido previsto, pode causar um tremendo rombo no orçamento da sua viagem. Pode até, inclusive, custar o passeio por alguma atração francesa que poderá ser retirada da rota por falta de dinheiro.

 

Viajar com um pacote de viagem: conhecer a França sem imprevistos

 

Viajar para a França com pacote de viagens, guia turístico

Além da presença do guia turístico, o pacote de viagem oferece passeios mais cômodos e tranquilos. Getty Images

Visando uma viagem com experiências ímpares, os pacotes de viagens são ótimas opções para quem quer ir à França. Berço da cultura, a França possui inúmeros lugares que exigem obrigatoriamente uma visita.

Viajar para um dos países mais belos e encantadores do mundo sem visitar seus principais pontos turísticos, pode resultar numa viagem incompleta. E é nesse sentido que os pacotes de viagens tornam-se mais atraentes.

 

Vantagens de viajar para a França com um pacote de viagem

O sonho de conhecer a França pode ser realizado através da aquisição de pacotes que levam o turista a conhecer os principais pontos turísticos do país. Nessa modalidade, conhecer outro país sem falar o idioma local é possível porque as visitas são guiadas por profissionais bilíngues. (clique aqui para saber mais sobre visitas guiadas pela França com guias que falam português).

Muitas empresas de viagens elaboram pacotes turísticos pensados estrategicamente para as necessidades dos seus clientes. Como resultado, temos pacotes personalizados, atrativos aos olhos e, principalmente, ao bolso!

Além disso, alguns combos de viagem são oferecidos na modalidade excursão. Isso significa viajar para a França junto com pessoas do mesmo perfil, o que torna a viagem mais divertida e resulta em novas amizades.  Ou seja, dos casais apaixonados aos turistas da terceira idade, todos são agraciados pelos benefícios de ofertas turísticas especiais.

Outra vantagem de não viajar por conta própria pela França, é que na modalidade combo, as burocracias com hotéis e traslados costumam ficar por conta da empresa de turismo contratada. Tudo é resolvido por eles, dos passeios exclusivos às reservas nos hotéis.

Nessa modalidade, a probabilidade de “armadilhas” e possíveis imprevistos são mínimos.

 

Desvantagens de viajar para a França com um pacote de viagem

Contudo, os pacotes de viagem para a França também possuem algumas desvantagens. Entre elas podemos destacar a falta de flexibilidade nos horários dos passeios. Como os roteiros turísticos são elaborados com data e hora marcada para início e término, você passa a não controlar os detalhes e assim, diminui experiências.

Outra grande desvantagem de viajar para a França com um pacote de viagem está relacionada ao valor cobrado pelo combo, que sai bem mais caro do que viajar por conta própria. No entanto, deve-se levar em conta que no valor final do passeio costumam estar inclusas várias despesas. Entre elas diárias de hotéis, alimentação, traslado e ingressos para as principais atrações turísticas.

E isso sem falar da presença do guia turístico, que é indispensável para todos aqueles que estão querendo se aventurar pela França sem dominar o idioma ou conhecer a cultura local.

O país mais visitado por turistas de todo o mundo dispensa apresentações, pois detém atrações históricas imperdíveis e excelente gastronomia. Essas características fazem com que a escolha de viajar por conta própria ou com um combo de viagem seja um mero detalhe. O que vale a pena mesmo é aproveitar ao máximo tudo o que a França tem a oferecer.

Uma terceira opção seria contratar os serviços de visitas em direto com guias locais.
Entre em contato com a GIMtravel e descubra uma França única e exclusiva.

No Comments Yet.

Deixe seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: