Viagem internacional com crianças: 8 dicas essenciais

Programar uma viagem internacional com crianças pode ser um desafio para alguns pais. Isso porque equilibrar os programas certos e até mesmo organizar os documentos exigidos nem sempre é fácil. Contudo, não precisa ser um motivo para você deixar de viajar.

É claro que uma das formas de fazer isso é optando por passeios privados que se adaptem ao ritmo da família. Por isso, hoje você irá conferir 8 dicas importantes na hora de fazer uma viagem internacional com crianças. Acompanhe.

Viagem internacional com crianças o que é preciso?

Uma viagem internacional com crianças exige preparação. Afinal de contas, não se trata apenas de saber quais documentos deve levar, mas também de escolher os melhores lugares para se hospedar e até mesmo restaurantes.

Isso é importante porque hoje em dia há hotéis que não aceitam hóspedes com menos de 16 anos. Porém, há alguns restaurantes que se destacam por contarem com menu kids.

Outro ponto importante é o cuidado com a criança em lugares muito movimentados, como pontos turísticos, por exemplo. Já quanto à bagagem, não foque apenas nas roupas: separe um espaço nela para o medicamentos essenciais.

A seguir você irá conferir 8 dicas úteis para realizar uma viagem internacional com crianças bem-sucedida.

1. Documentos

Ao viajar com crianças, especialmente para fora do país, é preciso ter atenção aos documentos. Inclusive, as regras para esse caso são estipuladas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Primeiramente, é determinado que o adulto tenha em mãos um documento que comprove o seu parentesco com o menor de 16 anos. Além disso, o acompanhante precisa ser maior de idade. Se não houver grau de parentesco, é exigida uma autorização dos pais com reconhecimento judicial.

Exige-se ainda um documento recente de identificação da criança, além do passaporte e o visto, quando necessário. No caso de a criança estar viajando com apenas um dos pais, é preciso que o passaporte conste a autorização para a viagem ou então uma permissão no cartório para cada viagem.

Vai viajar para a França? Então não se esqueça de que o seguro viagem é obrigatório.

2. Acessórios indispensáveis

Isso irá variar conforme a idade da criança. Ou seja, se ela ainda andar em carrinho de bebê, não se esqueça dele. Ainda, lembre-se de artigos como a mamadeira ou até mesmo talheres específicos para a criança utilizar durante a viagem.

Além disso, leve também alguns panos para limpar a criança ou até mesmo lenços umedecidos. Também não se esqueça das fraldas, sacos para roupas sujas e algum brinquedo, especialmente em voos longos. Você pode apostar em livros ou desenhos para pintar.

Uma boa ideia é levar também alguns itens de higiene da criança para evitar alergias na viagem. Leve um hidratante, protetor solar, escova de dentes e shampoo.

Clique aqui e conheça as nossas dicas para evitar dor de ouvido e outros incômodos durante o voo.

3. Viagem internacional com crianças: não se esqueça da bagagem de mão

Reserve um bom espaço na bagagem de mão para os medicamentos. Isso porque muitos deles podem ser caros em outro país e provavelmente você não saberá o que comprar.

Então, a lista precisa incluir desde medicamentos que a criança tome diariamente, se for o caso, quanto outras dicas:

  • Band-Aid;
  • Compressas pequenas;
  • Soro fisiológico;
  • Repelente;
  • Pomada para picadas de insetos ou antialérgicos;
  • Remédios para resfriados.

4. Roupas

A principal dica aqui é acompanhar pela internet como estará a temperatura do local que você visitará. Se for chover, por exemplo, invista em uma capa de chuva para a criança. Porém, se o destino for muito frio, o ideal são as roupas térmicas, que evitam muitas camadas.

Além disso, a dica é apostar em roupas impermeáveis no geral e também em chapéus e bonés. Quanto aos casacos, procure não exagerar, pois pesam mais na mala, e opte por dois que sejam “coringas”. Por fim, procure levar bastante roupa interior, pois crianças são imprevisíveis!

E por falar em roupas, você sabe como se vestir no inverno francês?

Viagem internacional com crianças: o que levar em consideração na hora de elaborar o roteiro?

Na hora de realizar uma viagem internacional com crianças, opte por voos diretos
Na hora de realizar uma viagem internacional com crianças, sempre que possível opte por voos diretos. Foto: shutterstock

Cabe ressaltar que uma viagem internacional com crianças não pode ser pensada de última hora. Ou seja, tanto a hospedagem quanto os pontos turísticos devem ser analisados com antecedência.

5. Voo diretos ou com conexão

Sem dúvida, a melhor forma de fazer uma viagem internacional com crianças é optando por voos diretos. Embora sejam mais caros, são muito mais cômodos aos pais, já que aeroportos podem ser tumultuados e aumentam o risco de a criança se perder ou atrasos.

Porém, se tiver que optar por outra forma, prefira os voos com conexão. Isso porque neles você não precisa se preocupar com a bagagem, que chegará direto ao destino final. Além disso, não precisará fazer check-in novamente ou sequer sair da área de embarque.

6. Restaurantes kids friendly

Além de menus específicos para crianças, esses restaurantes normalmente têm uma estrutura melhor. Isso significa muitas vezes até mesmo que eles contam com áreas para as crianças brincarem!

Nesses restaurantes também você também encontrará as cadeiras de bebê, que são muito bem-vindas. Na França, por exemplo, você encontra cada vez mais restaurantes kids friendly, mas é claro que é preciso pesquisar e a melhor opção.

7. Identificação

Um dos grandes receios em uma viagem internacional com crianças é que elas se percam. Aliás, esse é um risco real principalmente em lugares muito movimentados. Por isso, a nossa dica para evitar o problema é identificar a criança.

Imagine-se na Disneyland Paris, por exemplo, onde milhares de pessoas passam diariamente. Para evitar perder a criança em meio a tantas outras, crie uma pulseira com identificação onde conste o nome dela e o seu número de telefone ou até mesmo endereço do hotel onde estão.

8. Hotéis

Opte sempre por hotéis que tenham atividades específicas para crianças, além de estrutura como berço ou semelhante. Uma dica são hotéis que tenham quarto familiares, o que já indica um bom ambiente para ir com a criança.

Em Paris, por exemplo, o Sure Hotel, da rede Best Western, onde é possível incluir cama de bebê no quarto. Contudo, se você está disposto a investir em um hotel renomado, há o Atala Champs-Elysées, com um belo jardim, biblioteca e sala de jogos.

Ainda, o Hôtel Sainte-Marie tem um bom custo-benefício. Nele você encontra quartos familiares e serviço de bilheteria para programar suas atividades com mais comodidade.

Conte com a GIMtravel para fazer uma viagem internacional com crianças inesquecível

Se você vai viajar para a França, a melhor forma de não se preocupar ao longo da sua viagem internacional com crianças é contando com serviços turísticos da GIMtravel. Isso porque especializada em passeios personalizados em todo o país, a empresa oferece roteiros sob medida e visitas acompanhadas por guias em português, que atuarão como facilitadores da sua viagem em família, tornando-a muito mais positiva.

Além disso, a GIMtravel também possui transporte privado, para levá-lo confortavelmente do aeroporto para o hotel ou entre as atrações que deseja visitar. Ainda, a empresa também oferece assessoria antes e durante sua viagem, com dicas de hotéis, de locação de carros e barcos, restaurantes e até mesmo do melhor itinerário para você curtir com os pequenos.

Gostou? Então entre em contato com a GIMtravel e garanta uma viagem inesquecível para si e para sua família.

No Comments Yet.

Deixe seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: