Estudar na França: tudo o que você precisa saber

Estudar na França é um sonho para muitas pessoas. Esse desejo é especialmente comum porque a França está entre os países que mais investem na educação no continente europeu. Por isso, a qualidade da estrutura das universidades e cursos profissionalizantes é elevada e atrai estudantes do mundo inteiro.

 

Além disso, o país apresenta diversas opções para facilitar o ingresso de estudantes estrangeiros nas suas principais instituições.  Por isso, separamos algumas dicas para você descobrir tudo o que precisa saber para estudar na França!

Como estudar na França

 

Estudantes na França

Várias sãos as formas de estudar na França. Foto: Shutterstock

 

Se você pretende viajar para a França por motivo de estudos, saiba que há alguns pontos que precisam ser esclarecidos previamente. Antes de tudo, é necessário entender que o processo é diferente para quem possui cidadania europeia e para quem não possui. Entretanto, é possível estudar na França mesmo sem ter passaporte europeu.

 

Seja qual for o caso, a França não exige um visto para cursos com duração menor do que três meses. Ou seja, esse tipo de formação pode ser realizado apenas com a permissão de turista. Contudo, se esse for o seu caso, lembre-se de que para entrar na França, o seguro viagem Europa é obrigatório.

 

Se você possui cidadania europeia, não é exigido um visto para estudar na França, independentemente da duração da estadia. Por outro lado, se você não possui cidadania em nenhum país europeu, os cursos com mais de três meses exigem a obtenção de um visto através da agência do governo francês Campus France. Essa instituição está presente em mais de 100 países, incluindo o Brasil. Ela é um grande auxílio para todos aqueles que desejam estudar em território francês.

Bolsas de estudo na França

 

Após ter ciência das questões burocráticas para saber como estudar na França, é importante decidir qual é o tipo de estudo que você deseja realizar. Isso porque há opções para todas as idades e níveis acadêmicos, ou seja, graduação, pós-graduação, doutorado ou pós-doutorado. Para ingressar em cada uma há exigências diferentes e opções de bolsas de estudo.

 

Alguns programas são tradicionais para obter bolsas de estudo na França. O Erasmus+ é uma ótima opção para quem deseja passar um ou dois semestres acadêmicos no país.

 

Para pós-graduação há a bolsa Victor Hugo foi criada para estudantes latino-americanos na França. Já o Eiffel Excellence Scholarship Programme é uma opção para quem deseja cursar Mestrado no país. Ainda, existem bolsas das próprias instituições francesas, que podem ser conhecidas diretamente através dos sites dessas universidades.

Intercâmbio acadêmico

 

Se você deseja realizar um intercâmbio para uma universidade francesa, o processo é diferente. Para isso, é preciso entrar em contato diretamente com o setor de relações internacionais da sua universidade no Brasil.

 

Atualmente, há acordos firmados entre universidades brasileiras e estrangeiras com o objetivo de proporcionar experiências enriquecedoras de intercâmbio para estudantes. Dessa forma, o setor de relações internacionais pode apresentar as opções disponíveis e auxiliar na escolha mais adequada para o seu caso.

Pós-graduação ou Mestrado

 

Na França, a Pós-graduação e o Mestrado possuem o mesmo nome: Master. Dentro disso, existem dois formatos diferentes de estudo. Primeiro, o Master Recherche, voltado especialmente para a pesquisa acadêmica.

 

Já a segunda opção é o Master Professionnel, focado na realização de um estágio profissional. Para realizar um Master na França é necessário obter um diploma de graduação no Brasil.

Doutorado ou Pós-doutorado

 

Da mesma forma que no Brasil, o doutorado na França é permitido para pessoas que já possui um Mestrado – ou um Master francês. Há opções de programas de Doutorado em diversas universidades francesas.

 

Com um formato de ingresso um pouco diferente dos anteriores, o estudante precisa entrar em contato diretamente com a instituição desejada para ser orientado sobre o processo de inscrição. O mesmo se aplica para os interessados em cursar um Pós-doutorado.

Estudar francês

 

Uma das formas mais fáceis de estudar na França é através de um curso de francês. Há inúmeras escolas de idiomas espalhadas pelo território nacional. Dessa forma, é possível escolher a região que você deseja morar e o formato de curso mais adequado aos seus objetivos. Para cursos com duração de mais de 90 dias, é necessário requisitar um visto de estudante diretamente com o consulado francês. Clique aqui e saiba como tirar o passaporte.

Quanto custa estudar na França?

 

Custo para estudar na França

O custo para estudar na França depende de muitos fatores, entre eles a instituição e o curso escolhidos. Foto: Pixabay

 

Sem uma bolsa de estudo integral, o custo para estudar na França depende de muitos fatores. Entre eles, estão a cidade de residência, a instituição escolhida, o curso e o estilo de vida do estudante.

 

Entretanto, existem alguns valores anuais pré-definidos para estudantes internacionais nas instituições públicas francesas:

 

  • 770 euros na graduação (Licence);
  • 770 euros no mestrado;
  • 770 euros no Doutorado.

 

Instituições privadas geralmente possuem valores mais elevados, principalmente em ramos tradicionais na França. Ainda, é importante adicionar nessa conta o custo de vida na cidade escolhida e gastos acadêmicos extras.

Escolas de Gastronomia e Moda

 

Estudar gastronomia na França, Instituto Paul Bocuse

O Instituto Paul Bocuse é a mais famosa escola internacional de gestão de artes culinárias, hotéis e restaurantes. Foto: Instituto Paul Bocuse.

 

Quando falamos na França, há dois ramos nos quais o país se tornou referência para o mundo inteiro: gastronomia e moda. Por isso, muitas pessoas buscam cursos nessas áreas em território francês. Para corresponder à demanda é possível encontrar inúmeras opções de escolas voltadas à gastronomia e à moda ao redor do país.

1. Instituto Paul Bocuse

 

Paul Bocuse foi um dos maiores chefs da história. Conhecido como o pai da “nouvelle cuisine”, ele foi dono de três estrelas no Guia Michelin durante 50 anos – até a sua morte, em 2018. Como não poderia ser diferente, a escola fundada pelo chef se tornou referência para o mundo inteiro devido a sua excelência no ensino da gastronomia.

 

Com sede em Lyon, o Instituto Paul Bocuse oferece desde cursos de formação básica até Masters com especializações avançadas. Além da formação técnica na cozinha, a escola também é especializada em inovação, turismo e gestão no âmbito gastronômico. A inscrição para o Instituto Paul Bocuse deve ser feita através do site da escola, com o preenchimento de um dossiê de candidatura.

2. Le Cordon Bleu

 

Junto com o Instituto Paul Bocuse, a Le Cordon Bleu é a maior referência de ensino de gastronomia na França. Com o foco nas técnicas da culinária francesa, a escola forma milhares de alunos anualmente através de uma estrutura equipada com utensílios de primeira linha e chefs renomados.

 

Entre os destaques da escola, estão as demonstrações culinárias, onde o chef responsável executa receitas e deve ser analisado com anotações e explicações por cada estudante. A Le Cordon Bleu fica localizada em Paris e as aulas são ministradas em francês, por isso, um nível intermediário de francês é recomendado.

3. Université de la Mode

 

Para os interessados em estudar moda, a Université de la Mode é uma das referências no assunto. Localizada em Lyon, essa universidade possui diversos cursos com formações profissionalizantes dentro do ramo da moda.

 

Devido à ligação histórica de Lyon com a moda, principalmente em relação á indústria têxtil, estudar na Université de la Mode é uma oportunidade muito enriquecedora para os profissionais da área.

 

A Université de la Mode faz parte da Université Lumière Lyon 2 e apresenta formações a nível de graduação, Mestrado e cursos de verão. O contato com a instituição pode ser feito diretamente através do site oficial da Université de la Mode. Quer fazer uma visita em torno da moda criativa de Lyon? Então entre em contato com a GIMtravel.

4. ESMOD

 

A Escola Superior de Artes e Técnicas da Moda, também conhecida como ESMOD, é uma das instituições mais tradicionais no estudo da moda. Localizada em Paris e fundada em 1841, ela é a escola de moda mais antiga do mundo.

 

Através dos “Fashion Design and creative courses”, com duração de 3 anos, ela apresenta formações para inúmeros setores da moda. Ainda, a ESMOD possui cursos de verão e opções de aulas noturnas para estudantes com a agenda reduzida.

Encontre o seu curso ideal!

 

Agora que você já conhece o que é necessário para estudar na França, pode pesquisar melhor e descobrir qual é o curso que se encaixa no seu perfil. Estudar na França é possível e pode ser tornar uma experiência muito enriquecedora para a sua vida, principalmente se você deixar toda a organização da sua viagem com a GIMtravel. Entre hoje mesmo em contato conosco e conheça mais sobre os nossos serviços.

No tags 0 Comments 0

No Comments Yet.

Deixe seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: