Enoturismo na França: dicas e vinícolas incríveis para visitar

A França é um destino imperdível para os amantes de vinho. No topo da lista de produtores mundiais da bebida, a diversidade climática do país permite a produção de vinhos para todos os gostos e estilos. Por isso, o enoturismo na França atrai turistas do mundo e revela destinos incríveis para viagens!

Para aproveitar o melhor do enoturismo do país, o primeiro passo é conhecer sobre as regiões produtoras de vinho e as melhores vinícolas para se visitar. Com foco no turismo, diversas delas disponibilizam experiências únicas para a degustação de vinhos. Além disso, você também pode conhecer um pouco mais sobre o processo de produção da bebida.

Se está curioso, confira neste artigo um pouco mais sobre o enoturismo na França!

Enoturismo na França: um roteiro pelas vinícolas francesas

Nem todo mundo sabe por onde começar um roteiro de visita pelas melhores vinícolas francesas. No entanto, a boa notícia é que hoje em dia você pode contar com empresas como a GIMtravel, especialista nesse tipo passeio personalizado. Contudo, preparamos também uma lista com os destinos imperdíveis para quem quer viver uma experiência única de enoturismo na França. Confira:

Château Pape Clément

Entre as vinícolas mais antigas ainda em atuação na França, o Château Pape Clément é datado do século 13. Localizada em Pessac-Léognan, na região de Bordeaux, a vinícola se enquadra na categoria “grand cru”, grupo mais requintado e exclusivo no ramo.

Conservando um mobiliário histórico, jardins embelezados por estátuas e uma adega majestosa, o Château Pape Clément transporta os visitantes para séculos passados. As opções de visitas partem do valor de 49€ por pessoa, incluindo a degustação de cinco vinhos exclusivos.

Deutz

No nordeste da França, se destaca a produção de Champagne, os elegantes vinhos espumantes franceses. Para os amantes de vinho, uma experiência de enoturismo na França não é completa sem conhecer o sabor único desta gama de bebidas!

Entre as principais vinícolas do local, a casa Deutz é uma experiência única para degustar a típica bebida francesa. Na entrada, os visitantes são recebidos por uma estátua do icônico cupido que tradicionalmente representa marca.

No interior, corredores com velas levam os visitantes para degustar o melhor dos vinhos produzidos no local. Por se tratar de um ambiente reduzido, as visitas são limitadas e devem ser agendadas previamente.

Moët & Chandon

Contando com o maior vinhedo da região produtora de Champagne, a Moët & Chandon encanta turistas do mundo inteiro com sua beleza e grandiosidade. Isso porque ao todo, são mais de 28 km de corredores subterrâneos formando a adega da casa.

Repleta de história, a vinícola foi uma das favoritas do Imperador Napoleão Bonaparte, apaixonado pela riqueza de aroma e sabor das bebidas produzidas no local. A Moët & Chandon disponibiliza três alternativas de visitas:

  • Autour du Grand Vintage, com o custo de 47€;
  • L’iconique, por 25€;
  • L’instant Impérial, custando 34€ e criada em homenagem ao próprio Napoleão.

Château La Dominique

Em contraste com os cenários históricos das tradicionais vinícolas francesas, o Château La Dominique traz uma proposta arquitetônica diferente. Ele apresenta uma moderna estrutura quadrada com paredes espelhadas vermelhas e uma vista panorâmico do terraço.

Além disso, um belíssimo restaurante com vista para os vinhedos complementa a estrutura e permite uma experiência única aos visitantes. Localizado em Saint-Émilion, o Château La Dominique cobra o valor de 12€ para a visita às dependências da vinícola. Você ainda pode apreciar a degustação de dois vinhos produzidos no local.

Château Roubine

Em Provence, região sudeste da França, a produção de vinhos rosés encanta turistas nas proximidades das belíssimas praias da Côte d’Azur. Por isso, entre Marselha e Nice, o Château Roubine é uma das vinícolas mais tradicionais e bonitas para o enoturismo na França.

Além dos vinhedos e de toda a estrutura para a produção do vinho rosé, o Château Roubine também possui um hotel e um espaço dedicado para exposições de arte. Toda essa estrutura transforma o local em um paraíso para turistas que desejam uma imersão no enoturismo francês.

Château du Clos de Vougeot

Nas vinícolas da Borgonha são produzidos alguns dos vinhos tintos mais tradicionais e requintados da França. Além disso, nessa região o Château du Clos de Vougeot chama a atenção por sua estrutura majestosa: um castelo utilizado por monges durante a idade média para a produção de vinho.

Atualmente, o local deixou seu papel funcional e se transformou em um monumento histórico da região. Em conjunto com os vinhedos ao redor da estrutura, o Clos de Vougeot é uma parada obrigatória para todos os apaixonados por vinho.

Conheça também a última tendência na França, o casamento em vinícolas.

Château de Beaucastel

Nas proximidades de Lyon, a região de Rhône também se destaca na produção de vinhos. Ao visitar a cidade é possível degustar os vinhos locais nos restaurantes tradicionais.

Contudo, para quem busca uma experiência ainda mais completa, vinícolas como o Château de Beaucastel oferecem experiências inesquecíveis. Entre as casas de vinho mais premiadas da França, as caves históricas da propriedade da família Perrin podem ser visitadas com hora marcada.

O Château de Beaucastel faz parte da Primum Familiae Vini (PFV), associação que reúne alguns dos maiores produtores de vinhos do mundo. Sem dúvida, Lyon é um dos principais destinos quando se fala em enoturismo na França e não pode faltar no seu roteiro!

Domaine Weinbach

Nas proximidades da fronteira com a Alemanha, a região da Alsácia não esconde a influência germânica até mesmo na produção de vinhos. No local, a produção de uvas brancas é predominante e garante vinhos ricos em aroma e sabor.

Próxima a cidade de Colmar, a vinícola Domaine Weinbach aparece desde o século XVII entre as mais tradicionais do país, quando ainda era um mosteiro. Hoje, os vinhos brancos produzidos no local podem ser degustados por turistas e a bela estrutura do Domaine Weinbach está disponível para visitação.

Château Soucherie

Conhecida por reunir alguns dos castelos mais bonitos da França, a região do Vale de Loire também é destaque na produção de vinho branco. Um dos destaques, inclusive, é Château Soucherie, que reúne as estruturas de uma vinícola e um hotel nas suas dependências.

Ou seja, você pode se hospedar com vistas magníficas para os extensos vinhedos que enfeitam a paisagem do local. Ainda, é possível adquirir experiências de degustação de vinho, jantares, visitas e diversos programas que vão além do enoturismo na França.

Pratique enoturismo na França com a GIMtravel

Você já percebeu que o enoturismo na França é um verdadeiro sucesso, mas agora é hora de programar a sua viagem! Aproveite as dicas e passeios acima e conheça uma França única e exclusiva com a GIMtravel.

Elaboramos passeios e visitas sob medida acompanhados por guias em português para tornar a sua viagem muito mais emocionante. Além disso, em parceria com a Vititours oferecemos visitas em torno da gastronomia e dos vinhos franceses. Afinal de contas, é impossível pensar na França sem pensar em vinhos!

No tags 0 Comments 0

No Comments Yet.

Deixe seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: