Como evitar a dor de ouvido no avião e outros incômodos durante o voo

Pensando em viajar para a França, mas não sabe como lidar com a dor de ouvido no avião e outros incômodos durante o voo? Não se preocupe, afinal, você não está sozinho! Não importa se a viagem é a trabalho ou lazer, esse é um ponto inevitável na rotina de quem viaja. Dessa forma, dor de ouvido, inchaço nas pernas, olhos e pele ressecados são apenas alguns dos incômodos no avião durante o voo.

 

No entanto, a maioria deles pode ser amenizada com algumas estratégias simples. Por isso, neste artigo você vai entender um pouco melhor como amenizar a dor de ouvido e outros incômodos no avião!

 

Por que sentimos incômodos durante uma viagem de avião?

 

 

Como evitar a dor de ouvido no avião e outros incômodos

Grande parte dos incômodos durante os voos ocorre devido à rápida mudança de altitude causada pela aeronave. Foto: Dreamstime

 

Primeiramente, é importante entender o motivo dos incômodos que você sente no avião. Grande parte dos problemas citados ocorre devido à rápida mudança de altitude causada pela aeronave.

 

Isso acontece porque em poucos minutos o avião atinge mais de 10 mil metros de altura. Obviamente, isso não passa despercebido pelo corpo humano. Dessa forma, é possível confirmar esse efeito no corpo ao sentir uma pressão no ouvido após a decolagem.

 

Além do fator da mudança brusca de altitude, há também o desconforto físico por outros motivos. O espaço reduzido do avião pode resultar em dores no corpo, principalmente durante voos mais longos. Esse é apenas um dos exemplos que pode incomodar desde pessoas mais velhas até jovens.

 

Para completar, a potência do ar condicionado da aeronave também pode ser um problema! Assim, a temperatura pode resultar em ressecamento da pele e dos olhos, além de potencializar alergias.

 

Dicas para diminuir a dor de ouvido no avião

 

Para ajudar você a viajar melhor, separamos algumas dicas importantes. Elas são práticas e ajudam você a se sentir mais confortável até mesmo em viagens longas:

 

1) Método de Valsava

 

Essa é a forma mais popular entre os passageiros para combater a dor de ouvido no avião. Para isso é necessário inspirar, fechar a boca, utilizar os dedos para fechar o nariz e logo após forçar a saída do ar.

 

O movimento resulta em uma pressão no fundo da garganta e ajuda a reequilibrar a pressão interna do ouvido. Entretanto, é importante evitar fazer pressão excessiva, pois o efeito reverso pode fazer com que a dor aumente ainda mais!

 

2) Mastigar

 

Você sabia que o simples ato de mastigar pode melhorar a sua dor de ouvido no avião? De fato, muitas pessoas apresentam uma melhora significativa na dor ao realizar esse movimento.

 

Seja mastigando alimentos ou mascando chiclete, o ato movimenta os músculos da face e ajuda no estímulo da deglutição. Assim, a tática é uma das formas de auxiliar no equilíbrio da pressão do ouvido.

 

3) Spray para o nariz

 

Uma forma de prevenir a dor de ouvido durante um voo é através do uso de spray nasal. Isso acontece porque ao liberar a passagem de ar entre a região nasal e o ouvido, ele atua diretamente no equilíbrio da pressão interna. Para um efeito eficaz, aplique o spray alguns minutos antes das manobras de decolagem e pouso.

 

4) Bocejar

 

Através da mesma tática utilizada na mastigação, bocejar de propósito pode ajudar a diminuir a dor de ouvido no avião. Isso porque movimentar os músculos da face auxilia no controle da pressão. Por isso, essa também é uma tática comum por quem se incomoda com a pressão no ouvido em voos.

 

Como evitar outros incômodos comuns durante viagens aéreas

 

Apesar da dor de ouvido ser um dos problemas mais comuns, há outros incômodos no avião que atrapalham a viagem. Entretanto, também há formas de amenizar algumas delas com as dicas a seguir:

 

1) Enjoo

 

Apesar de apresentar uma movimentação suave, viajar de avião pode ser uma tarefa difícil para quem fica enjoado facilmente. Então, para essas pessoas a melhor estratégia é escolher a poltrona da janela e assentos mais próximos às asas.

 

Essa zona é a mais estável do avião, diminuindo o risco de enjoos. Ainda, ingerir chá ou água com gengibre pode ser uma boa solução.

 

2) Pernas inchadas

 

Esse problema é especialmente comum durante voos mais longos. Há dois fatores que colaboram para isso. O espaço entre as poltronas do avião é inevitavelmente o primeiro deles. O segundo é o fato de se passar muito tempo sentado em viagens longas.

 

Para combater esse incômodo, é possível realizar movimentos com os pés e a batata da perna. Meias específicas para tratar inchaço nas pernas também são uma ótima solução. Ainda, é possível alongar o corpo através de uma pequena caminhada pelo avião.

 

3) Pele e olhos ressecados

 

Devido à ação do ar condicionado, é muito comum sentir os olhos e a pele ressecados no avião. Para isso, é indicado o uso de hidratantes na pele e colírio para os olhos.

 

Quem usa lentes de contato pode umedecê-las com uma solução adequada durante o voo. Beber muita água antes e durante o trajeto também é uma forma de sentir o corpo mais refrescado e hidratado.

 

4) Dores no corpo

 

Da mesma forma que o inchaço nas pernas, as dores no corpo são um problema comum entre os passageiros. Esse tipo de incômodo afeta principalmente pessoas mais velhas ou com doenças prévias.

 

Para evitar dores físicas é importante que o passageiro evite ficar na mesma posição por muito tempo. Além das mudanças constantes de posição, indica-se um alongamento no próprio assento e o uso de almofadas de pescoço.

 

5) Alergias

 

Pessoas que sofrem com rinite, sinusite ou outros tipos de alergia, podem se sentir desconfortáveis em aviões. Sintomas como espirros, coceira no nariz e obstrução nasal transformar a experiência em um pesadelo!

 

Para aliviar esse tipo de alergia é possível utilizar soro fisiológico e descongestionante nasal antes do pouso e da aterrissagem. Casos mais graves podem utilizar medicações anti-histamínicas previamente indicadas por profissionais qualificados.

 

Não deixe a dor de ouvido no avião e outros incômodos atrapalharem sua viagem!

 

Se você sofre com algum dos problemas citados, aproveite a sua próxima viagem para testar essas estratégias. Através de pequenas mudanças, é possível combater a dor de ouvido no avião e outros incômodos durante o voo. Além disso, não esqueça que os comissários de bordo estão disponíveis para auxiliar em qualquer situação! Aproveite as dicas e garanta uma viagem mais tranquila a partir de agora. E não deixe de conferir nossas 7 dicas para viajar de avião com animais de estimação.

 

Além de colocar em prática as dicas acima, você também pode garantir uma experiência de viagem ainda mais interessante, ao contar com os serviços de transfer/traslados da GIMtravel. Somos uma empresa especializada em visitas guiadas pela França com profissionais bilíngues e cuidamos de todas as etapas da sua viagem.

 

Não perca tempo! Entre hoje mesmo em contato conosco e conheça uma França única e exclusiva com quem mais entende do assunto.

1 Response

Deixe seu comentário.

%d blogueiros gostam disto: